festa da uva

Festa Nacional da Uva 2019

Sem comentários

Uma das mais tradicionais festas do Brasil, a Festa da Uva é o maior e mais dinâmico símbolo de Caxias do Sul e da Serra Gaúcha. O evento é uma celebração da história e da cultura dos imigrantes italianos, que fizeram desta região a sua morada. A edição 2019 ocorre entre os dias 22 de fevereiro e 10 de março.

Em 2019, com o tema “Viva una Bela Giornada”, a festa resgatará a tradição de um povo. Com muita gastronomia típica e uma agenda cultural que envolve apresentações regionais e nacionais, a festa da uva também se destaca pelos corsos alegóricos, contando a epopeia da imigração com música e muita alegria.

Fonte: www.festadauva.com.br

A Orquídea está presente na festa, no pavilhão Nostra Gente, oferecendo degustação de biscoitos aos visitantes.

Vídeo apresenta o lançamento do 6º Caderno de Receitas

Sem comentários

A Prefeitura de Caxias do Sul, por meio da Coordenadoria da Mulher da Secretaria da Segurança Pública e Proteção Social (SSPPS), lançou na quarta-feira (02/03), na Festa da Uva, o 6º Caderno de Receitas – Valorização da Mulher dos meios rural e urbano.

São receitas de pratos doces, salgados e bebidas de 225 integrantes dos clubes de mães. O Caderno de Receita impresso não está à venda; foi distribuído apenas às participantes.

Assessoria de Imprensa – Prefeitura de Caxias

 

 

Olimpíada Colonial, a finalíssima!

Sem comentários

A Rua Plácido de Castro sedia neste domingo (6), a partir das 9h30min, as provas finais da Olimpíada Colonial Festa da Uva 2016. É o momento de conhecer os melhores atletas das colônias. A Olimpíada Colonial também estará com vivências no Parque de Exposições, sábado e domingo, a partir das 14h30min, oferecendo provas aos visitantes junto à Vila dos Distritos.

As provas

Fazer Bíguli

Amassar Uvas com os Pés

Jogo da Cuccagna

Corrida de Cariola

Debulhar Milho

Corrida de Plantadeira

Laço Vaca Parada

Arremesso de Queijo

Chute a Gol

Corrida do Saco

Corrida de Trator

Mini 48

Texto: Assessoria de Imprensa da Festa da Uva 2016

Orquídea nas Paralimpíadas Coloniais

Sem comentários

A Prefeitura de Caxias do Sul, por meio da Diretoria de Esporte da Festa da Uva, promoveu na tarde desta terça-feira (1º) a Paralimpíada Colonial. Na ocasião, 94 alunos participaram das provas de debulhar milho, chute a gol, amassar uva e corrida do saco. Todos os alunos receberam medalhas como forma de incentivo pela participação.

Os professores da SMEL foram realizadores das provas, juntamente com a equipe de organização da Olimpíada como nas demais provas, mas nesta, em especial, pelo trabalho que a Secretaria já possui com os PCDs.

Além de pais e professores, também prestigiaram os alunos o secretário municipal do Esporte e Lazer, Jó Arse, o secretário de Governo, Felipe Gremelmaier, e as soberanas da Festa da Uva 2016, Rainha Rafaelle Galiotto Furlan e as Princesas Laura Denardi Fritz e Patrícia Piccoli Zanrosso.

Além de proporcionar o evento, nós também disponibilizamos uma mesa farta com bolos e biscoitos doces e salgados para os alunos e professores. Uma delícia de evento 😉

Fonte: Assessoria SMEL

Orquídea patrocina Caderno de Receitas da Festa da Uva

Sem comentários

Lançamento da 6ª edição aconteceu no Salão Paroquial da Réplica de Caxias

O Salão Paroquial da Réplica de Caxias no Parque de Exposições da Festa da Uva foi cenário para o lançamento da 6º edição do “Caderno de Receitas – Valorização da Mulher dos Meios Rural e Urbano”, organizado pela Coordenadoria da Mulher da Secretaria Municipal da Segurança Pública e Proteção Social.

A solenidade ocorreu na tarde desta quarta-feira (2) e contou com a presença do presidente da Festa da Uva 2016, Edson Nespolo, da rainha Rafaelle Galiotto Furlan, das princesas Laura Denardi Fritz e Patrícia Piccoli Zanrosso, do prefeito de Caxias, Alceu Barbosa Velho, e do vice-prefeito, Antônio Feldmann.

A edição tem 245 páginas, com 240 receitas de integrantes dos clubes de mães da cidade. “No total são 225 participantes”, complementa a titular da Coordenadoria da Mulher, Maria Januária da Costa.

Com o Tema Imagens e Horizontes, a 31ª Festa Nacional da Uva traz as lembranças do passado por meio de receitas ensinadas de geração para geração e, as perspectivas de um futuro próximo reunindo a família ao redor de uma mesa farta e cultuando as tradições. Agradecemos a colaboração de todos os envolvidos na 6ª edição do “Caderno de Receitas” e que ele traga rica contribuição aos leitores.

O Presidente da Festa da Uva Edson Nespolo agradeceu pessoalmente à Diretora Thereza Verona Tondo pelo apoio da Orquídea neste e em outros eventos da Festa, ressaltando que sempre podem contar com a gente!

A foto é registro do momento que Dona Thereza, como é carinhosamente chamada, leu belas palavras às senhoras, agradecendo o empenho delas com o envio de receitas e o importante papel das mulheres na sociedade.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Festa da Uva 2016

2ª edição da Paralimpíada da Festa da Uva acontece em março

Sem comentários

A Paralimpíada, que estreou na Festa da Uva de 2014, em 2016 terá um diferencial, já que será realizada no Enxutão. A ideia é montar uma logística para que os atletas paralímpicos se desloquem com facilidade ao local.

O organizador, Jorge Benites, ressalta a emoção dos atletas e familiares em um dos momentos mais importantes da Festa da Uva. “Os pais ficam muito orgulhosos e felizes de ver os filhos participando das provas da Paralimpíada. Para nós é uma satisfação promover esses momentos”, afirma.

A Paralimpíada vai acontecer no dia 02 de março, às 14h no Enxutão (Estr. Luís Covolan, 1560 – Santa Catarina, Caxias do Sul – RS).

Na edição anterior, os atletas paralímpicos participaram das provas em todas as localidades e, a Sede da Apae propiciou aos associados e familiares uma etapa que está na nossa lembrança. =)

Texto: Assessoria de Imprensa da Festa da Uva 2016

Olimpíadas Coloniais: últimas provas para definição dos finalistas

Sem comentários

No próximo final de semana, 27 e 28 de fevereiro, serão conhecidos os últimos finalistas da Olimpíadas Coloniais, evento que integra a Festa Nacional da Uva. Quatro localidades se reúnem para participar de diversas provas que remetem o trabalho no interior. A música “Ah, eu sou colono” sempre é tocada e a diversão é garantida!

Confira a programação:

SÁBADO – 27/02:

09h30 – Santa Lúcia do Piaí – em frente ao salão
15h30 – Desvio Rizzo – na Lagoa

DOMINGO – 28/02:

09h30 – Galópolis- em frente a Igreja
15h30 -Vila Cristina – Campo de Futebol

A grande Finalíssima acontece no dia 06 de março na antiga Maesa, em Caxias do Sul/RS.

Esperamos por vocês!!

Em jogo na Festa da Uva, Caxias Basquete é superado pelo Solar Cearense

Sem comentários

Apesar da derrota, mais de duas mil pessoas prestigiaram a partida

Mais uma etapa da temporada de estreia do Banrisul Caxias do Sul Basquete no Novo Basquete Brasil (NBB) foi escrita na noite desta segunda-feira (22). Mais de duas mil pessoas assistiram a uma partida do Novo Basquete Brasil (NBB) na Festa Nacional da Uva 2016, em uma quadra montada no Espaço Multicultural. A celebração só não foi completa porque o Banrisul Caxias do Sul Basquete foi derrotado por 71 a 62.

No primeiro período, o Banrisul Caxias do Sul conseguiu estar à frente durante parte do período. Porém, o Solar Cearense conseguiu assumir uma pequena vantagem, vencendo o quarto por um ponto de vantagem, 16 a 15.

O Caxias do Sul Basquete encontrou as mesmas dificuldades no segundo período. Em igualdade nas ações de ataque, o placar seguiu equilibrado, e o Solar Cearense novamente venceu a parcial, por 22 a 20.

No segundo tempo da partida, foram dois momentos distintos, mas com a mesma intensidade. Com a precisão nos arremessos, o Caxias do Sul Basquete teve a exatidão em converter 58% dos pontos tentados, contra 27,9% do visitante. O Caxias venceu a parcial, 18 a 12.

No segundo período, o Solar Cearense marcou a memória de quem presenciou um ótimo jogo. Valendo-se de ataques desperdiçados e erros de arbitragem, a equipe do Nordeste conseguiu vencer a partida e o quarto, por 21 a 9.

Avaliando o resultado, o técnico do Caxias do Sul Basquete, Rodrigo Barbosa, enfatizou a necessidade de diminuir os erros da equipe. “Nos momentos decisivos acabamos errando alguns ataques seguidos. O resultado é baseado em vários fatores, nossos erros, acertos e erros da arbitragem. Temos que trabalhar para diminuir nossos erros”, avalia.

O próximo confronto acontece nesta quinta-feira (25), contra o Macaé, no Ginásio Vasco da Gama.

Texto: Assessoria de Imprensa Basquete

Foto: Marcus Bueno

Olimpíada Colonial movimentou quatro distritos no final de semana

Sem comentários

Criúva, Vila Seca, Vila Oliva e Fazenda Souza sediaram as divertidas provas

Mais quatro comunidades do interior de Caxias do Sul receberam etapas da Olimpíada Colonial da Festa Nacional da Uva no final de semana. O sábado foi dia de competição em Criúva. No domingo, Vila Seca, Vila Oliva e Fazenda Souza sediaram as provas. As edições da Olimpíada Colonial contam com a participação de pessoas de várias idades, nas mais diversas atividades sobre o cotidiano do colono. Nos distritos, a presença de participantes com mais de 80 anos chama a atenção.

É o caso da competidora mais velha a jogar em Vila Seca, na manhã de domingo. Lúcia Orfélia Nicola, 84 anos, está há dois anos em Caxias do Sul. “Nunca tinha visto a Olimpíada Colonial e ainda quero visitar os Pavilhões. As provas são muito divertidas”, conta, ao lado do marido, Irineu Nicola, 83 anos. Filhos e netos dos dois também competiram.

Nascido em Vila Seca, Alci Medeiros, 82 anos, foi outro octogenário a participar pela primeira vez, competindo no arremesso de queijo. “Pensei que era de borracha, mas é bastante pesado!”, conta, aos risos. “Sempre morei aqui, e é muito bonito ver a comunidade participando.”

Da parte da organização da Olimpíada Colonial, Angelina Bonatto, 82 anos, levantou às 6h a fim de preparar os pedaços de massa para a prova de fazer bíguli. “Para hoje, foram 10 quilos, porque são três etapas. É tudo bem limpinho e reaproveitado. Nada vai fora depois da Olimpíada!”, garante. Dona Angelina aprendeu a fazer bíguli ainda criança, e prepara a massa para a Olimpíada Colonial todos os anos.

No Twitter oficial da Festa da Uva, ela ensina como é fácil fazer a massa em casa: https://goo.gl/UJpKyc.

Desvio Rizzo deve receber a Olimpíada Colonial no próximo sábado (27), Galópolis e Vila Cristina participarão dos jogos no domingo (28). Os primeiros colocados em cada categoria representam sua comunidade na grande final, dia 6 de março, na Rua Plácido de Castro.

Texto: Assessoria de Imprensa Festa da Uva 2016

Foto da prova de Criúva: Rádio São Francisco Sat

É dia de NBB e Festa da Uva!

Sem comentários

Jogo entre Caxias do Sul Basquete e Solar Cearense começa às 19h30

Chegou o dia de um momento histórico para o basquete caxiense. Na noite desta segunda-feira (22), o Banrisul Caxias do Sul Basquete e Solar Cearense se enfrentam, às 19h30, em partida adiantada da 29.ª rodada do Novo Basquete Brasil (NBB). O jogo ocorre no Espaço Multicultural do Parque da Festa da Uva.

O Caxias do Sul Basquete chega embalado ao confronto, após vencer a Liga Sorocabana de Basquete, na quinta-feira (18), no interior de São Paulo. No momento, a equipe ocupa a décima terceira posição na tabela, com seis vitórias em 22 jogos.

Já o Solar Cearense, que está na terceira posição, com 15 vitórias, conquistou duas vitórias seguidas nos últimos jogos, ao vencer o Macaé e o Flamengo.

Ao analisar a importância do evento, o técnico do Banrisul Caxias do Sul Basquete, Rodrigo Barbosa, afirma que quando fundou a equipe, há 10 anos, não imaginava disputar o principal campeonato de basquete do país. “Depois de alguns anos passei a trabalhar para chegar nesse nível, e o jogo da Festa da Uva será coroar tudo que fizemos nestes dez anos. Será a cidade de Caxias, a Festa e o basquete junto, simplesmente espetacular!”, enfatiza.

A partida desta noite terá transmissão ao vivo da Rádio Caxias e do canal SporTV 2.

A venda de ingressos para a área VIP ocorre até às 16h, na secretaria do Ginásio Vasco da Gama. A partir das 17h30, a comercialização será dentro dos pavilhões. Os ingressos custam R$ 12,00 (inteira).

Texto Assessoria Basquete / Foto Michel Costa